Diferença entre market maker e market taker de criptomoedas

O que é market maker e market taker? Qual a importância deles para o mercado de criptomoedas?

Você sabe o que é market maker e market taker? Se você negocia criptomoedas, é bem provável que já tenha realizado um desses dois papéis, ainda que não saiba suas definições.

Na tradução, market maker significa “criador de mercado”, e market taker, “tomador de mercado”. No mundo das criptomoedas, podemos dizer que o maker é quem coloca a ordem de compra e venda, e o taker é quem a aceita.

Para esse conceito ficar mais claro, precisamos explicar, antes, as características dessas ordens, que podem ser ordens de mercado e ordens a limite.

As ordens de mercado são aquelas que o atendimento a uma solicitação de compra ou venda de moeda digital tem como base o seu preço atual, ou seu valor médio de mercado.

Já as ordens a limite diferem pelo fato que o preço é estipulado previamente pelo vendedor ou pelo comprador.

Trazendo essa definição para a explicação sobre o que é market maker e market taker, o maker é aquele que coloca a ordem a limite, enquanto o taker é o que faz a ordem de mercado.

Ainda está confuso? Vamos tentar explicar de uma maneira mais simples: o criador de mercado é quem faz a carteira de pedidos de criptomoedas, já o tomador de mercado é quem tira as ordens dessa carteira.

Essa diferenciação também reflete no valor das taxas que são cobradas desses dois perfis pela transação de criptoativos. 

Seria a diferença muito grande? Qual a importância desses dois participantes no mercado de moedas digitais

Basta continuar a leitura deste artigo para conferir o que é market maker e market taker de forma mais detalhada, bem como a importância deles no universo das criptomoedas.

O que é market maker e market taker?

Para explicar o que é market maker e market taker de outra maneira, é possível dizer também que o criador de mercado é aquela pessoa que cria as ordens de compra e venda de criptos para serem executadas, enquanto o tomador de mercado é quem atende imediatamente essas ordens.

Essas ordens podem, ou não, serem atendidas imediatamente. Por exemplo, a ordem de mercado que acabamos de citar é atendida dessa forma, por isso, acaba nem sendo registrada no livro de ofertas. 

A ordem a limite, por sua vez, é inserida no livro de ofertas ou order book, e permanece lá até que haja uma pessoa que queira comprar compatível com o que está sendo ofertado.

A proposta principal da atuação de makers e takers é que haja liquidez suficiente para que esse mercado seja atendido. Do contrário, essas transações ficam bastante comprometidas.

E caso você ainda não saiba, por liquidez entende-se a facilidade de transformar um ativo — no caso, uma criptomoeda — em outro ativo similar ou em valor equivalente em moeda fiduciária, tais como real ou dólar.

Quem são os makers e quem são os takers? Como eles lucram?

Agora que a definição sobre o que é market maker e market taker ficou mais clara, você deve estar se perguntando quem são ou quem podem ser essas pessoas, certo? Então, segue a explicação!

Ambos podem ser pessoas ou empresas que fazem negociações de compra e venda de criptomoedas por conta própria. Ou seja, eles definem o melhor momento para fazer as transações das moedas digitais das quais são detentores, sem que haja a necessidade de uma orientação para isso.

O potencial de lucratividade dos criadores de mercado vem do chamado spread, que é a diferença de valor entre a compra e a venda de um ativo financeiro. Isso indica que seu posicionamento pode ser um tanto arriscado, especialmente considerando a volatilidade do mercado de criptos, que pode fazer os preços subirem e descerem muito rapidamente.

Já os tomadores de mercado, que compram as moedas digitais pelo valor estipulado, tendem a se beneficiar com a aquisição de um criptoativo a um preço compatível com a sua intenção (podendo encontrar, inclusive, um valor abaixo do praticado pelo mercado), o que também contribuiu para acrescentar diferentes opções à sua carteira.

Por que eles são importantes para o mercado de criptomoedas?

Como dissemos logo no início deste artigo, a principal função dos makers e dos takers é manter a liquidez do mercado de criptomoedas. Sem essa atuação, se torna um tanto difícil manter o preço das moedas digitais sob controle.

É importante destacar também que, sem liquidez, é praticamente impossível fazer transações de compra e venda de criptos (ou de qualquer coisa, aliás), o que afeta a valorização e o mercado de maneira geral.

Além disso, é bem importante ter em mente que não existe rivalidade entre esses dois participantes do mundo das criptomoedas. Na verdade, é possível ir até mais longe, compreendendo que suas atuações são complementares e, juntas, formam o ecossistema necessário para as operações de ativos digitais.

Como funcionam as taxas cobradas dos makers e takers?

Como diz o ditado, “não existe almoço grátis!”. Isso quer dizer que, por mais que a participação de criadores de mercado e tomadores de mercado seja fundamental para manter o sistema vivo, são cobradas deles taxas pelas negociações realizadas. Na realidade, todo mundo paga taxa, né?

Porém, aqui, há uma diferenciação bem importante: de modo geral, os makers pagam taxas um pouco menores, visto que estão gerando liquidez. Os takers, por sua vez, tendem a ter cobranças mais elevadas, pois estão tirando liquidez.

Na Bitso, por exemplo, que é uma exchange internacional de criptomoedas, as taxas cobradas se baseiam em um esquema maker-taker, e vão diminuindo à medida que o seu volume de criptos aumenta, considerando um intervalo de 30 dias.

Por exemplo, as taxas praticadas para quem é maker começam em 0,2% e reduzem para 0.080%. Já as para quem é taker vão de 0,4% a 0,15% — porcentagens relativas à tabela de mercados vs. reais brasileiros (BRL).

Para negociações em Bitcoin (BTC), os percentuais vão de 0,075% a 0,05% para makers, e de 0,098% a 0,065% para takers, de acordo com o volume em BTC na carteira.

Quer saber mais sobre como essa exchange funciona e tudo que tem a oferecer para você? Então acesse agora mesmo o site da Bitso e confira como é fácil comprar e vender criptomoedas e tokens como BTC, ETH, SHIB, MANA e muitos outros!

Bitso Brasil
O Time Bitso é formado por especialistas em criptomoedas, garantindo informações seguras e precisas sobre o mundo cripto.