o-que-sao-servicos-financeiros

O que são serviços financeiros? Quais tipos existem e que problemas eles resolvem?

Com certeza você usa, mas saberia explicar o que são serviços financeiros? Serviços financeiros são conjuntos de soluções disponibilizadas por bancos, fintechs, instituições financeiras e instituições de pagamento que possibilitam transações que envolvem dinheiro.

Conceituando de outro modo, é possível dizer que são ferramentas que permitem a movimentação de valores, tanto por pessoas físicas quanto por pessoas jurídicas, entre diferentes meios digitais e/ou presenciais.

Que tal alguns exemplos, “logo de cara”, para deixar tudo mais claro? Então, vamos lá! 

A viabilização do uso de produtos financeiros, tais como pagamentos presenciais, pagamentos digitais e transferências bancárias, são alguns tipos de serviços financeiros.

E quais problemas eles resolvem no seu dia? Ora, muitos! Já pensou ter que andar com um bolo de dinheiro no bolso para comprar uma geladeira, por exemplo? Indo mais longe, qual seria a quantidade de notas que você precisaria levar para pagar um carro à vista?

Seguindo essa linha, já deu para perceber que é quase impossível explicar o que são serviços financeiros sem falar em tecnologia e digitalização de processos, não é mesmo? 

Especialmente com a chegada e a expansão das fintechs, esses serviços têm se tornado cada dia mais digitais, facilitando a vida de clientes e empresas. E as mudanças ao longo do tempo foram muitas — e, ao que tudo indica, estão só começando!

Os cheques, por exemplo, tiveram queda de 93,4% de uso em 2021 aqui no Brasil, segundo dados do Compe, Serviço de Compensação de Cheques, divulgados em matéria do site noomis

Entre os motivos dessa baixa estão o avanço dos meios de pagamentos digitais, a exemplo do mobile banking e do Pix.

Isso quer dizer que a atuação de empresas que prestam serviços financeiros modificam a maneira como as pessoas e os negócios lidam com o dinheiro, e até “ditam moda” nesse setor, ao fomentar o uso de novos produtos.

Por isso, vale a pena você entender mais a fundo o que são serviços financeiros e quais tipos existem. Siga a leitura deste artigo e confira tudo sobre o tema!

O que são serviços financeiros e quais tipos existem?

Que tem relação com dinheiro, isso já deve ter ficado claro. Mas, afinal, o que são serviços financeiros? 

Entenda por serviços financeiros produtos e soluções voltadas para esse setor, que têm por objetivo viabilizar, permitir e facilitar a realização de diversas movimentações financeiras.

Esses serviços são disponibilizados por bancos e instituições que atuam nesse mercado, tais como fintechs, corretoras, financeiras, entre outras.

Essas empresas, por sua vez, podem criar e oferecer essas ferramentas apenas para pessoas físicas, ou também para pessoas jurídicas. 

Nesse último caso, as soluções são mais focadas em melhorar a gestão financeira do negócio, por exemplo, com recursos para pagamento de salário de funcionários, fornecedores, recebimento de valores de clientes, e mais.

Exemplos de serviços financeiros

A explicação sobre o que são serviços financeiros se confunde com a definição sobre o que são produtos financeiros. Por isso, não há como falar de um conceito sem mencionar o outro.

Apenas para deixar claro, entra no grupo dos produtos financeiros qualquer item que seja criado e oferecido com o intuito de captar e movimentar recursos monetários, seja com a intenção de gerar rendimento ou não.

Assim, se formos montar uma lista com alguns exemplos de produtos e serviços financeiros, os que mais destaque seriam:

  • pagamentos presenciais, tais como cartão de crédito e cartão de débito;
  • pagamentos virtuais, a exemplo do QR Code e Pix;
  • pagamento de contas; 
  • oferta de conta digital;
  • transferências bancárias;
  • saques;
  • depósitos;
  • empréstimos;
  • financiamentos;
  • investimentos.

Quais empresas trabalham com a oferta de serviços financeiros?

Assim como dissemos na explicação inicial sobre o que são serviços financeiros, as empresas que trabalham com soluções desse tipo são:

  • bancos;
  • fintechs;
  • instituições financeiras;
  • instituições de pagamento;
  • corretoras de valores;
  • bancos de investimento, entre outros modelos de negócio relacionados.

Porém, vale a pena dar destaque às fintechs, que são companhias de tecnologia voltadas para o setor financeiro. O motivo é que elas conseguiram desburocratizar bastante esse mercado e abrir caminho para que mais pessoas tivessem acesso a produtos financeiros.

Ao contrário dos bancos tradicionais, as fintechs operam de modo 100% digital. Por não terem agências físicas e custos relacionados a isso, essa é uma das razões pelas quais suas taxas e tarifas tendem a ser menores, quando não inexistentes, e, por isso, atrativas.

Segundo dados da Distrito, plataforma de inovação aberta, o Brasil já conta com mais de 1.150 startups de serviços financeiros, incluindo:

  • 174 voltadas para meios de pagamento;
  • 96 para serviços digitais;
  • 87 para criptomoedas.

Considerando o aporte de mais de US$ 3,7 bilhões que as fintechs receberam em 2021, também de acordo com a Distrito, a expectativa é que novas soluções voltadas para o mercado de serviços financeiros “pipoquem” ao longo deste e dos próximos anos.

Qual a importância dos serviços financeiros para o seu dia a dia?

Os serviços financeiros são de suma importância para facilitar o seu dia a dia e otimizar processos relacionados à movimentação de valores. Especialmente considerando o uso crescente da internet, e a chegada de novas tecnologias, soluções desse tipo têm tornado a relação das pessoas com o dinheiro muito mais prática.

Por exemplo, agora mesmo, de onde você está lendo este artigo, pode facilmente transferir dinheiro para outra pessoa, pagar uma conta, comprar e pagar um produto pelo site de um comércio eletrônico e muito mais.

Caso queira, também pode consultar o seu saldo, conferir quanto tem na poupança, e escolher um dos tipos de investimentos para aplicar esse dinheiro.

Todas essas atividades são possíveis graças à oferta de serviços financeiros pelas empresas desse setor.

Conforme o tempo passa, e os processos se modernizam, a tendência é que tudo isso se simplifique ainda mais. Obviamente, a digitalização do dinheiro é uma consequência (esperada e prevista) do uso dessas soluções.

A compra e venda de criptomoedas, viabilizadas por exchanges como a Bitso, por exemplo, é um tipo de serviço financeiro que pode ser interessante para você.

Se ainda não entende muito sobre o mundo das criptos, tire todas as suas dúvidas nos artigos que temos aqui no nosso blog. E para conferir como é simples montar a sua carteira de ativos digitais, acesse agora mesmo o site da Bitso.

O Time Bitso é formado por especialistas em criptomoedas, garantindo informações seguras e precisas sobre o mundo cripto.