Moedas voando como se fossem trocadas, como faz um trader

O que é trader? Entenda de uma vez por todas o que um trader de criptomoedas faz

A palavra trader, em tradução livre para o português, significa comerciante/negociante. Logo, levando esse significado ao pé da letra, não seria nenhum absurdo chamar o dono da padaria que fica na sua rua ou a dona da lanchonete que você costuma frequentar de traders. Só que, aqui, a gente tem foco em cripto, né? Então, neste artigo, você ficará por dentro do que é ser trader de criptomoedas.

Sim, vamos focar nesse tipo de trader, até porque, apesar de termos muitos significados na língua portuguesa, o que, em tese, permitiria chamar qualquer tipo de comerciante (de todos os ramos de negócio) de trader, normalmente o termo trader possui uma denominação específica, destinada apenas para os “comerciantes do mercado financeiro” – estes, sim, popularmente chamados de traders. 

O que é ser um trader?

Ser trader é, de fato, atuar como um comerciante e negociante, tendo que se levar em consideração o local de atuação: os mercados financeiros. É nesses locais que os traders realizam diferentes transações de compra e venda de ativos, como criptomoedas e títulos, negociados principalmente na Bolsa de Valores através, geralmente, de corretoras.

No geral, os traders obtêm ganhos a partir de operações de troca e de conversão, os chamados trades, a exemplo da troca de moedas por ativos ou da conversão de uma determinada criptomoeda para reais, algo que acontece como consequência da estratégia do trader. Essa estratégia define a periodicidade das operações, podendo ser de longo prazo, curto prazo, ou até mesmo no mesmo dia (é o caso do day trade). 

A lógica é bem simples: busca-se comprar um ativo por um valor a fim de vender a um valor superior. Tanto venda quanto compra estão condicionadas a determinadas estratégias, levando em conta o período de tempo e a forma de ganho pretendida pelo trader.

Representando isso a partir de um simples exemplo, pode-se considerar a compra de um determinado ativo pelo preço de X e a venda desse mesmo ativo, realizada depois, pelo preço de (X + um valor extra).

Principais tipos de traders

Todos os setores, dos mais variados tipos de mercados, possuem suas próprias particularidades, contando com profissionais de diferentes perfis. Quando a pergunta for o que é um trader, isso não é diferente, pois existem variados perfis que definem a forma de atuação de um trader.

O perfil do trader está muito associado com a periodicidade da sua atuação, e ela representa um tipo de estratégia. De maneira superficial, seria possível separar os traders que realizam operações no curto prazo e os traders que realizam operações no longo prazo. Mas, entre essas extremidades, do curto até o longo prazo, existem diferentes tons intermediários de estratégias com as suas especificidades. 

  1. Scalper Trader

Uma das estratégias mais populares é a do Scalper, que busca ganhos por meio da especulação dos preços, valendo-se da volatilidade do mercado, em operações de curtíssimo prazo, que podem ter a duração de apenas alguns segundos.

  1. Day Trader

Outro perfil, relacionado com a obtenção de ganhos no curto prazo, baseado na especulação dos preços dentro de um mesmo dia, é o day trade. Afinal, o que é day trader? É a pessoa que atua como day trader acaba sendo mais conhecida popularmente, é mais fácil que você encontre esse nome por aí.

  1. Swing Trader

Agora, saindo das operações de curto e curtíssimo prazo para operações que duram um período maior de tempo, pode-se apresentar o exemplo do swing trader, com operações que podem durar semanas ou meses.

  1. Position Trader

Já o position trader é aquele que se posiciona de olho no longo prazo, operando com base nos fundamentos dos ativos e não na volatilidade do mercado. No caso do buy and holder, considera-se um período de tempo ainda mais longo, com a formação de um portfólio, estratégia consagrada pelo ícone do mercado financeiro Warren Buffett.

  1. Trader Institucional

Considerando outras questões, não apenas associadas a diferenças de período de tempo, temos estratégias direcionadas para o mercado corporativo. Um exemplo é o do trader institucional, profissional que atua para grandes instituições financeiras, podendo inclusive adotar um mix de estratégias de curto e longo prazo.

  1. Broker e Sales Trader

Por sua vez, o broker executa ordens relativas a negociações, geralmente atua em grandes operações. Outro exemplo é o do sales trader, com a função de fazer o intermédio, a popular “meiuca”, das negociações, com a possibilidade de executar ordens.

Como se tornar trader?

Se tornar trader é semelhante a se tornar comerciante: a lógica está na compra e na venda. De modo similar a quem está no comércio, a exemplo de quem tem aquela lanchonete que você tanto gosta de frequentar, o trader também busca comprar barato para vender mais caro.

No caso do trader, a lógica é, de maneira específica, aplicada em ativos no mercado financeiro. Vamos pensar sobre o que é trader de criptomoedas:

  • Essa pessoa compra uma cripto, como Ether ou Bitcoin;
  • Espera o momento propício acompanhando o mercado;
  • Quando chega a hora, realiza a conversão para moeda tradicional;
  • Essa conversão busca render ganhos (tem que vender por um preço melhor do que comprou).

Para atuar com trade de criptomoeda, é importante estar cadastrado em alguma plataforma que realiza a negociação de produtos cripto. Após a realização desse cadastro, a operação de trade de criptomoedas costuma ser rápida e relativamente fácil de se realizar. Na Bitso, por exemplo, depois de se cadastrar na plataforma, você pode fazer trade de cripto pelo Bitso Alpha.

Mas, para se tornar trader, seja para o caso de criptomoedas ou não, é necessário adotar um tipo de análise. As formas de análise mais conhecidas são a análise técnica e a análise fundamentalista. A análise técnica costuma ser a mais utilizada por quem faz trade, sendo baseada apenas no preço do ativo para a tomada de decisões de compra e venda.

Dicas para ser um trader de sucesso

Não existe nenhuma receita de bolo para se tornar um trader de sucesso, porém, como praticamente tudo na vida, determinados passos podem reduzir a imprevisibilidade, servindo de atalho para o aprimoramento e o bom desempenho na atividade. Afinal de contas, o que é um trader de sucesso? Não há resposta fechada, depende do objetivo da pessoa, mas podemos considerar algumas qualidades.

  • Estar em constante busca por informação, sempre com disposição para aprender a respeito do mercado financeiro é o primeiro passo;
  • Ter uma rotina de disciplina, trabalhando com base em estratégias e a partir da identificação do seu perfil;
  • Entender que a estratégia e o perfil de cada trader estão muito associados com o seu controle financeiro pessoal. 

Um último atributo, de maneira alguma menos relevante, é o controle emocional. Compreender as próprias limitações e se preparar para momentos de incerteza e volatilidade frequentes, principalmente para os profissionais que atuam fazendo day trade, é uma dica indispensável para ter sucesso como trader.

Vantagens e desvantagens de ser trader

Os conceitos de vantagem e desvantagem costumam ser sempre relativos, dado que dependem da realização de uma comparação – e quando pensamos no que é um trader, a situação não é diferente. 

Considerando de maneira geral as vantagens de ser trader, pode-se levar em conta a liberdade que essa profissão permite. Não esquecendo da importância de se ter disciplina, a profissão de trader é uma forma de “trabalhar por conta própria”, possibilitando a formação dos seus próprios horários.

Outra vantagem é a possibilidade de se regular seus ganhos, assim como toda a motivação de exercer uma atividade que de forma alguma é monótona, pois exige sempre atenção para as novidades e entrega como bônus o fato de que você vai conviver com “altas emoções”. 

Em relação às desvantagens, é possível destacar a volatilidade, algo que pode ser tanto positivo quanto negativo, podendo gerar ganhos da mesma forma que também resultam em perdas inesperadas.

Somado a isso, tem toda a insegurança e a própria necessidade constante de se inovar, fatores custosos para quem faz trade. Outro ponto a se destacar é o início da carreira de trader, que já requer um bom nível de conhecimento sobre mercados financeiros, sendo necessário compreender o próprio perfil e definir as estratégias a adotar.

De maneira simples e direta, ser trader é realizar comércio e negociação nos mercados financeiros. A lógica dessa atividade se baseia na decisão de compra e venda de ativos, envolvendo diferentes nuances e perfis. A carreira de trader também requer o equilíbrio entre ganhos e perdas, envolve vantagens e desvantagens, e os resultados discrepantes têm muito de imprevisibilidade.

Sempre é válido lembrar que, aqui na Bitso, você consegue começar a comprar e vender criptomoedas para entender melhor essa parte do mercado financeiro, se apoiando nas informações que trazemos aqui no Blog da Bitso, para botar a mão na massa e vivenciar isso sem ter de ser trader. E aí, quando você vai começar?

Bitso Brasil
O Time Bitso é formado por especialistas em criptomoedas, garantindo informações seguras e precisas sobre o mundo cripto.