Day trade de criptomoedas

O que é day trade de criptomoedas: guia para iniciantes

Já conversamos sobre o que é trader: a pessoa que atua de maneira semelhante a um comerciante/negociante, mas na realização de compras e vendas de ativos no mercado financeiro. E essa compra e venda são os chamados trades. Logo, adicionando o termo “day”, que em português significa “dia”, ao termo “trade”, temos a compra e venda que acontecem em um mesmo dia

Mas claro, para realmente entender um assunto, é necessário considerar mais do que o sentido gerado pela soma de palavras, já que as diferentes operações que ocorrem ao longo de um mesmo dia têm especificidades importantes. Isso costuma gerar perguntas, como “o que é day trade?”. Vamos desvendar!

O que é trade?

De maneira geral, trades são operações de conversão e troca de ativos no mercado financeiro. Como exemplo, podemos mencionar diferentes operações:

  • conversão de dólares em reais
  • troca de ações por fundos imobiliários
  • negociação de contratos futuros

A pessoa que realiza essa atividade, de fazer trade, recebe o nome de trader.

Cada trader costuma seguir uma lógica simples e bem popular: comprar barato para vender caro. Você, por exemplo, pode comprar dólares para realizar a conversão em reais.

Na realização dessa operação, o tempo se torna um fator de grande importância, possibilitando resultados de ganhos ou perdas. Para esse exemplo, você provavelmente compraria dólares em um momento de queda, para revender em um momento de alta. 

Além dessa lógica geral, de apostar na valorização de um ativo, pode haver um número ainda maior de possibilidades, que tem relação, ao menos no geral, com a especulação. Um episódio que gerou grande repercussão, consistindo num dos mais populares casos de especulação da história, é a aposta bilionária que George Soros fez na desvalorização da libra esterlina.

As operações de trade também podem envolver criptomoedas, algo cada vez mais comum no mercado financeiro e que vem abrindo novas oportunidades para traders. 

Como funciona o trade de criptomoedas?

O trade de criptomoedas envolve, claro, a conversão e troca de diferentes tipos de criptos. Uma troca de Bitcoin por Ether, ou a conversão de uma criptomoeda para a moeda corrente oficial de algum país (como converter Bitcoin em reais), são apenas alguns exemplos de trade com criptos.

A lógica básica da negociação de criptomoedas continua sendo semelhante a de outros ativos: comprar uma cripto por um valor baixo para depois vender ou converter em um momento de valorização. Considerando uma desvalorização no preço do Bitcoin, apenas como suposição, espera-se que isso acabe atraindo um número maior de possíveis compradores, pensando em vender depois.

Aqui, vale lembrar que valorização e desvalorização são conceitos relativos, que variam de pessoa para pessoa, de ativo para ativo, e que têm relação com eventos imprevisíveis do mercado. Uma grande desvalorização, de qualquer ativo, não resulta necessariamente na sua valorização em um período imediatamente posterior, algo que continua valendo para o caso das criptomoedas.

O que é day trade?

O termo day trade, comentado no primeiro parágrafo do texto, já oferece uma pista intuitiva do seu significado, a partir de: “day” + “trade” = operação feita no mesmo dia.

Ainda assim, é importante falar sobre mais detalhes dessa estratégia de negociação

Day trade, que também recebe nomes como day trading ou intraday trading, é um tipo de estratégia de negociação que usa a incerteza do mercado para ganhos de curto prazo por meio de especulação.

As operações começam e terminam no prazo máximo de um dia, podendo durar algumas horas, poucos minutos ou mesmo segundos, dependendo da análise do ativo. Essa rapidez no day trade não termina na negociação, com lucros podendo ser recolhidos de modo igualmente rápido, no final de um dia. 

Assim, a pessoa que opera day trade precisa entrar e sair de diferentes operações em um curto período de tempo. Isso exige foco e disciplina, algo destacado no famoso livro Aprenda a Operar no Mercado de Ações, mas apresenta vantagens: o corte de eventuais perdas de forma rápida e a maior frequência de oportunidades. 

Como fazer day trade? É preciso muito dinheiro para começar?

Nessa hora, uma das perguntas sobre como fazer day trade que mais aparece é: “preciso ter muito dinheiro para começar?”

Para essa pergunta, a melhor resposta possível sempre começa com “depende”: Depende do que se considera muito dinheiro, depende do tipo de mercado que se pretende entrar, depende do tamanho do risco que se pretende assumir e dos ganhos pretendidos, entre outros diferentes “depende(s)”. 

Porém, apesar de a pergunta não ter uma resposta binária, como “sim” ou “não”, recomenda-se que, mesmo com bastante dinheiro para investir, no início, o melhor é sempre começar com valores menores. Além disso, é preciso lembrar o que já falamos sobre day trade para começar:

  • É preciso estudar muito, sempre;
  • O day trade exige tempo: você vai fazer transações rápidas e precisa ficar de olho no mercado;
  • Para se manter sempre atual e de olho no mercado com a frequência necessária, você deve ter disciplina e foco.

Como fazer o trade de criptomoedas?

Fazer trade de criptomoedas pode ser simples para pessoas mais experientes no assunto, algo que acaba escondendo riscos, sobretudo para quem é mais inexperiente e acaba de ingressar nesse tipo de operação.

“Cautela e canja de galinha não fazem mal a ninguém” é um antigo ditado conhecido nacionalmente que, adaptado para o contexto de trade de criptomoedas, pode ser convertido em: estudar o mercado, começar comprando aos poucos e procurar entender as diferentes formas de trade.

Estudar o mercado é o ponto de partida, para entender as flutuações das criptomoedas. Mesmo sendo indispensáveis para os ganhos, flutuações também podem gerar perdas inesperadas, dependendo do nível de conhecimento sobre o mercado que se pretende atuar. Além disso, cada ativo digital tem sua própria trajetória no tempo (principalmente no curto prazo).

Começar comprando pouco, mantendo um bom nível de calma, é mais um conselho quase que universal para operações financeiras, inclusive quando se trata do trade de criptomoedas.

Na maioria das vezes, as melhores análises do mercado acontecem apenas com o passar do tempo, a partir de um maior entendimento dos momentos mais adequados para comprar e vender criptomoedas.

4 estratégias para fazer um bom gerenciamento de riscos em day trade

A essência do day trade, que resulta em ganhos com base na especulação de incertezas do mercado, envolve grandes riscos. Assim, para garantir um maior nível de segurança, principalmente pensando em manter o day trade como uma atividade profissional, é importante escolher um conjunto de estratégias para gerenciar riscos.

Evidentemente, não só de ganhos vive a pessoa que optou por ser day trader, com prejuízos fazendo parte do cotidiano das operações. Reduzir as chances de perdas é possível e necessário. Para isso, é preciso escolher diferentes estratégias, e aqui estão as mais importantes:

  1. controlar o grau de exposição ao risco,
  2. manter a disciplina,
  3. ter um orçamento específico para day trade,
  4. e entender o cenário macroeconômico. 

Controlar o grau de exposição ao risco

Isto passa por saber o limite em que você está disposto a chegar, algo que depende do seu patrimônio financeiro e do seu nível de conhecimento em relação ao mercado. Em outras palavras, quanto dinheiro você está disposto a perder em uma operação day trade? Quanto maior for esse valor, que em tese “pode ser perdido”, maior é o risco envolvido nessas operações.

Manter a disciplina

Falando sobre day trade, fica claro que se trata de uma operação de alta frequência, o que exige agilidade e foco de seus operadores (day traders).

Por consequência disso, é necessário ter uma disciplina diária como estratégia para gerenciar riscos, com cada day trader precisando ser quase atleta, que procura acordar cedo e se manter sempre por dentro. Distrações devem ser evitadas, sendo ideal seguir uma rotina de hábitos saudáveis e com horários bem definidos.

Ter um orçamento específico para day trade

Em relação à estratégia de ter um orçamento específico para day trade, isso também tem grande relação com os riscos envolvidos nessa atividade.

Você não deve usar o dinheiro das compras do mês ou da conta de luz para fazer day trade, muito menos fazer empréstimo – isso não é nem um pouco recomendável: é uma decisão irresponsável, ainda mais quando se considera toda a incerteza do mercado.

Em razão disso, o mais indicado é definir um orçamento em separado, destinado apenas para esse tipo de operação.

Entender o cenário macroeconômico

Por último, mas não menos importante, vem a questão mais externa de quem é trader, que é o cenário macroeconômico.

Quem é trader não está isolado do resto do mundo, podendo sofrer toda forma de efeito, seja de crise sanitária ou de política econômica. Então, entender o cenário macro, observando os principais índices econômicos (como IPCA, PIB e Selic), é uma forma do trader se proteger e até mesmo de tirar vantagem das externalidades do mercado.

Como declarar day trade no IRPF?

Procurar conhecer bem o mercado e entender algumas particularidades do que é day trade ou de como fazer day trade são conselhos práticos, necessários tanto para alcançar seus objetivos quanto para escapar de multas e punições que podem ser evitadas.

Quando se fala com seriedade em conselhos sobre day trade, é importante saber que essas operações, inclusive as que envolvem criptomoedas, não estão isentas de Imposto de Renda (IR): você precisa saber como declarar day trade no imposto.

Na operação de day trade, deve ser pago 20% de imposto sobre qualquer lucro obtido no mês, não importando o valor da negociação. O pagamento desses 20% de imposto são divididos entre a corretora que fez o intermédio da operação day trade e a pessoa que realizou o day trade.

Enquanto que a corretora repassa diretamente 1% do imposto, a pessoa day trader fica com a responsabilidade de quitar o valor restante (19%) que é repassado por meio do pagamento do DARF sobre os ganhos obtidos.

Importante destacar que, até mesmo na ausência de ganhos, é necessário declarar os prejuízos que foram obtidos.

Dicas para day trade

Day trade, mais do que apenas juntar palavras, baseia-se em detalhes importantes, que vão desde a velocidade e intensidade desse tipo de operação, até a necessidade de entender o funcionamento do mercado e a forma correta de fazer operações realizadas ao longo de um dia. 

É indicado começar comprando pouco, prestando atenção para a possibilidade de ganhos e perdas decorrentes da volatilidade do mercado, detalhes que se tornam mais fáceis de entender com a experiência com o passar do tempo.

Sempre é válido lembrar que, aqui na Bitso, você pode começar a botar a mão na massa sempre que sentir segurança nessa missão! Para trade, quem já tem cadastro na Bitso pode usar o Bitso Alpha. E aí, quando você vai começar?

Bitso Brasil
O Time Bitso é formado por especialistas em criptomoedas, garantindo informações seguras e precisas sobre o mundo cripto.