como-gerar-renda-passiva

Como gerar renda passiva? 5 maneiras de obter rendimentos (quase) sem esforço!

Saber como gerar renda passiva é o sonho de muita gente — e temos quase certeza que é o seu também, acertamos? Afinal, quem não quer ter uma fonte de renda fixa e garantida sem precisar fazer praticamente nada para isso?

Somente para deixar claro o que é renda passiva, consiste em uma forma de rendimento que resulta no recebimento de um valor periódico e certo, geralmente, proveniente de um esforço anterior.

Estamos falando em, basicamente, ter dinheiro para os seus compromissos financeiros e pessoais sem precisar trabalhar para isso. Perfeito, não acha? Por isso, todo mundo quer saber como gerar renda passiva!

Existem diferentes fontes de receita como essa, tais como, o recebimento de uma pensão ou de aluguel de um imóvel. Mas, como dissemos, a maioria desses rendimentos passivos são frutos de empenhos anteriores.

Por exemplo, se você quer “viver de renda”, se mantendo apenas com os juros de algum investimento, é preciso agir agora para conseguir isso no futuro.

Dito isso, qual seria o segredo para ter receita suficiente para manter o padrão de vida que você quer, sem ter que trabalhar para isso? Confira, agora, cinco formas diferentes de como gerar renda passiva.

O que significa renda passiva e quais tipos existem?

Como dissemos, renda passiva é aquela que você não precisa se empenhar, neste momento, para conseguir.

Essas receitas são provenientes de atitudes anteriores que possibilitam que você tenha dinheiro para viver bem, arcar com os seus compromissos financeiros, e ainda realizar as suas vontades, como viajar, trocar de carro, de casa, entre outros, sem precisar depender do trabalho para isso.

Existem, basicamente, dois tipos de renda passiva, que são:

  • com capital;
  • sem capital.

Renda passiva com capital

Esse tipo de renda passiva é a gerada por um investimento financeiro passado. Por exemplo, você trabalhou, recebeu seu salário, guardou uma boa parte ou aplicou. 

Com isso, tem a chance de viver de juros no futuro.

Renda passiva sem capital

A renda passiva sem capital, por sua vez, é aquela que não provém de um valor anterior. Ela existe mesmo se a pessoa não investiu dinheiro para isso, é o caso do recebimento de pensão, direitos autorais, direitos de imagem, royalties, entre outros.

Como gerar renda passiva? 5 possibilidades!

Agora sim, sabendo quais são as possíveis fontes, fica mais fácil entender como gerar renda passiva. Para apresentar as opções a você, usaremos cinco verbos:

  • Criar
  • Alugar
  • Receber 
  • Economizar
  • Investir

Criar

Criar produtos e materiais digitais pode ser uma forma de receber valores passivamente. Entre as possibilidades estão:

  • montar um blog e receber dinheiro por meio de anúncios, ou pela venda de produtos digitais;
  • oferecer cursos online;
  • vender e-books;
  • trabalhar com marketing de afiliados.

Em todas essas possibilidades, será necessário um trabalho inicial para elaboração dos materiais e divulgação. Porém, se tiver uma boa estratégia e executá-la corretamente, a tendência é que eles passem a se vender sozinhos. 

Alugar

O aluguel de imóveis comerciais ou residenciais é outro caminho para gerar receita passivamente. Entretanto, vale destacar o que já dissemos aqui: essa opção tende a necessitar de empenho ao longo de alguns anos para que você consiga comprar esses bens para alugar posteriormente.

Porém, essa também pode ser uma forma de renda passiva sem capital, como acontece no caso de recebimento de heranças.

Receber 

O “receber” que estamos nos referindo aqui diz respeito a direitos que você pode vir a ter, tais como direitos autorais, de uso de imagem, ou mesmo o recebimento de uma pensão vitalícia.

Economizar

Economizar, obviamente, se refere a saber como lidar bem com o seu dinheiro agora para conseguir gerar sobras que possam ser guardadas para uso futuro.

Isso começa com uma boa educação financeira e com um controle financeiro pessoal efetivo e estratégico. 

A ideia aqui é que você consiga pagar as suas contas em dia, não fazer dívidas desnecessariamente, manter o padrão de vida que considera adequado e, ainda assim, direcionar parte do seu faturamento para transformá-lo em renda passiva no futuro.

Investir

A consequência da postura anterior leva você aos investimentos. Afinal, dinheiro guardado em casa, na conta corrente, ou parado, definitivamente, não é uma forma de gerar renda passiva, concorda?

Entre os tipos de investimentos que podem ajudar você a alcançar esse objetivo, alguns exemplos são:

  • Previdência Privada;
  • Ações;
  • Fundos Imobiliários;
  • Tesouro Direto.
  • CDB.

Como escolher um investimento para gerar renda passiva?

O primeiro passo para escolher um investimento que gerará a você rendimentos passivos é descobrir qual o seu perfil de investidor.

O perfil de investidor é uma forma de identificar qual o seu nível de tolerância a perdas financeiras. Em outras palavras, quanto tem disposição para perder de dinheiro em troca de lucros mais significativos.

Para isso, basta responder um questionário que é disponibilizado gratuitamente por bancos e empresas que trabalham como a oferta de produtos de investimento.

Em seguida, é interessante conhecer os investimentos disponíveis no mercado e analisar qual vai ao encontro dos seus objetivos financeiros e de vida

Dos que citamos anteriormente, uma breve explicação sobre eles seria:

  • Previdência Privada: investimento de médio e longo prazo, tem como finalidade funcionar como um complemento à aposentadoria;
  • Ações: a menor parcela do capital social de uma empresa, é um título patrimonial que dá aos seus detentores juros proporcionais ao investimento. Podem ser vendidas para obtenção de lucros quando estão em alta;
  • Fundos Imobiliários: aplicações voltadas para compra de títulos desse setor, que geram retorno financeiro por meio da exploração de arrendamento, venda e/ou locação dos imóveis;
  • Tesouro Direto: funciona como uma espécie de empréstimo para o governo, o qual devolve a você o valor aplicado acrescido de juros;
  • CDB: o Certificado de Depósito Bancário tem funcionamento semelhante, mas, no caso, estará emprestando seu dinheiro para instituições bancárias em troca de pagamento de juros.

Ficou claro como gerar renda passiva? Percebeu que há diversas opções que podem ajudar você a receber valores sem precisar trabalhar todos os dias para isso?

É claro que alcançar esse patamar no futuro requer uma boa estratégia financeira agora. Por isso, a nossa dica extra é que estude bastante sobre investimentos, mercado financeiro e todos os outros temas relacionados que podem influenciar no seu projeto.

Aqui, no blog da Bitso, você pode conferir muitos conteúdos sobre esse assunto. Aproveite que está aqui e adquira mais conhecimento agora mesmo!

O Time Bitso é formado por especialistas em criptomoedas, garantindo informações seguras e precisas sobre o mundo cripto.