Como saber meu perfil de investidor?

Como saber meu perfil de investidor? Aprenda a fazer essa identificação e qual a sua importância

Como saber meu perfil de investidor?” Essa é uma dúvida que muitas pessoas têm quando precisam definir qual o melhor ativo ou produto em que aplicar o seu dinheiro.

Ter um futuro financeiro mais tranquilo, receber juros e lucros, ter uma graninha extra. Quem não quer tudo isso, hein? Mas, antes de colher os frutos, é preciso plantar — nesse caso, fazer um investimento que atenda às suas expectativas.

Identificar seu perfil de investidor é uma maneira de relacionar os objetivos financeiros e de vida à sua tolerância a riscos. Por exemplo, você prefere ter uma lucratividade menor, mas com a garantia que não perderá nenhum centavo das suas economias, ou não se importa em arriscar muito em troca de um retorno monetário mais significativo?

Encontrar a resposta para a pergunta “Como saber meu perfil de investidor?” é uma forma de fazer investimentos mais seguros, compatíveis com a sua realidade financeira, com suas expectativas, e encontrar as soluções mais adequadas para você.

Além disso, pode contribuir para que não perca dinheiro com aplicações que não consegue manter em longo prazo.

Quer saber como? Continue a leitura deste artigo e confira o que é perfil de investidor, quais tipos existem, como saber qual é o seu e, no final, alguns tipos de investimentos que podem ajudar você a montar a sua carteira!

O que é perfil de investidor?

Para responder ao seu questionamento “Como saber meu perfil de investidor?”, o primeiro passo é saber o que significa perfil de investidor, concorda?

Perfil de investidor é uma forma de classificar a tolerância a risco financeiro que uma pessoa tem. Em outras palavras, esse processo permite classificar a sua personalidade financeira, considerando critérios como quais são os seus objetivos, prioridades, necessidades e expectativas monetárias e de futuro.

Essa definição ajuda bastante na hora de escolher em qual ativo ou produto financeiro investir, gerando muito mais segurança e diminuindo os riscos característicos do mercado de investimentos.

Como saber meu perfil de investidor?

Agora sim, podemos responder a pergunta “Como saber meu perfil de investidor?”, afinal, ela é o ponto alto deste artigo!

Como dissemos, o seu perfil de investidor será definido com base em parâmetros como quais são as suas metas financeiras, qual o prazo para a realização dos seus planos, e qual o nível de conhecimento que você tem desse mercado.

Quanto a isso, vale destacar que a identificação do perfil de investidor é obrigatória por parte das instituições bancárias e de investimentos antes da efetivação da contratação de um serviço desse tipo, segundo determina a Resolução CVM nº 30, de 11 de maio de 2021 — que revoga a Instrução CVM nº 539, de 13 de novembro de 2013.

Por conta disso, pode ser interessante responder um questionário próprio para essa finalidade, que é o teste de suitability.

É possível realizar esse teste, rapidamente, em bancos e instituições financeiras que têm em seu portfólio a oferta de ativos e produtos de investimento. Porém, para você já começar a se conhecer melhor, alguns exemplos de perguntas que comumente são feitas no teste de suitability são:

  • Qual o seu principal objetivo ao fazer este investimento?
    • manter o meu patrimônio assumindo o menor risco financeiro possível;
    • manter o meu patrimônio, mas, dentro do possível, ter uma valorização;
    • aumentar o meu potencial de ganho mesmo com risco elevado.
  • Qual o prazo que pretende manter o seu dinheiro investido?
    • quero resgatar em até um ano;
    • quero resgatar entre um e cinco anos;
    • posso mantê-lo investido por mais de cinco anos.
  • Que porcentagem da sua receita mensal você consegue investir todos os meses?
    • no máximo 10%;
    • entre 10% e 20%;
    • acima de 20%

Quais são os tipos de perfil de investidor?

Após fazer o teste de suitability, você terá a identificação do seu perfil de investidor, o qual pode ter uma dessas três definições: 

  • conservador;
  • moderado;
  • arrojado.

Conservador

Entre as principais características do perfil conservador, estão a baixa tolerância a riscos financeiros e a necessidade de preservação do seu capital. 

Por conta disso, pessoas que se enquadram nesse grupo tendem a buscar investimentos mais tradicionais e que permitam alta liquidez (conversão do investimento em dinheiro de forma rápida), ainda que tenham que sacrificar a rentabilidade.

A carteira de investimentos que costuma ser mais bem aceita por esse perfil de investidor são aquelas com produtos e ativos financeiros que apresentam menor volatilidade e maior previsibilidade de ganhos. Renda fixa, por exemplo.

Moderado

Já os investidores com perfil moderado aceitam um pouco mais potenciais riscos, mas sem abrir mão de proteger e preservar o seu patrimônio.

Na prática, é um tipo de pessoa que tenta um equilíbrio, buscando uma rentabilidade maior que a obtida pelo perfil conservador, ainda assim aplicando o seu dinheiro em produtos financeiros considerados por ele mais seguros.

Por conta disso, sua carteira de investimento tende a ser uma mescla de investimentos tradicionais e outros um pouco mais arriscados.

Arrojado

Como o próprio nome sugere, o perfil arrojado é o tipo de investidor que tem alta tolerância a potenciais riscos, considerando que isso resulte em uma rentabilidade também mais elevada.

Esse perfil não significa que ele seja imprudente com o seu dinheiro. Na verdade, é bem o contrário disso. De modo geral, são pessoas que conhecem mais do mercado financeiro e, por conta disso, conseguem montar melhor suas estratégias de investimento.

A carteira de investimento do perfil arrojado costuma ser montada com produtos mais voláteis, e que também podem gerar lucros mais expressivos que os considerados pelos dois perfis anteriores.

Por que essa identificação é importante?

Respondemos a pergunta “Como saber meu perfil de investidor?”. Esperamos que sim! Como dissemos logo no início deste artigo, essa definição é essencial para que você encontre as melhores opções para aplicar o seu dinheiro, de modo que esse investimento vá ao encontro dos seus objetivos em curto, médio e longo prazo.

Saber qual o seu perfil de investidor contribui para diminuir os riscos e evitar perdas financeiras, o que pode acontecer ao apostar em algo que não sente segurança.

É interessante destacarmos também que essa análise ajuda a conhecer diferentes tipos de investimento compatíveis com o seu momento, de modo que possa montar uma carteira de investimentos diversificada, se assim preferir.

Quais investimentos combinam com cada perfil de investidor?

Agora que você tem uma ideia mais clara de qual pode ser o seu perfil de investidor, daremos algumas ideias gerais de ativos e produtos financeiros que podem combinar com cada perfil – lembrando que essa é uma escolha 100% pessoal e que esta lista não é conselho de investimento, certo?

  • perfil conservador
    • Tesouro Selic;
    • Crédito de Depósito Bancário (CDB);
    • Fundos de Renda Fixa.
  • perfil moderado:
    • Ações;
    • Criptomoedas;
    • Fundos de Investimento Imobiliário (FII).
  • perfil arrojado:
    • Fundos de Investimento em Participações (FIP);
    • Certificados de Depósitos de Valores Mobiliários (BDR);
    • Moedas digitais.

Quanto às criptomoedas, ou moedas digitais, é preciso que você tenha em mente que não se tratam, necessariamente, de um investimento. Isso acontece porque a volatilidade desse mercado não permite dar aos seus participantes garantia de lucros. 

Assim, antes de entrar no mundo de cripto, que tal acompanhar mais de perto e entender melhor com as explicações e artigos que trazemos aqui no blog? Elas são uma grande inovação, e queremos te dar a segurança necessária para fazer parte desse universo.