o-que-e-gerenciador-senhas

O que é gerenciador de senhas? Por quais motivos você deve usar essa ferramenta?

Se você também tem o (péssimo) hábito de usar a mesma senha para todos os seus logins, ou simples variações dela, precisa urgentemente mudar isso se quiser manter suas informações e dados seguros. 

Ah, mas eu uso a mesma porque não consigo decorar tantos números e letras”. Então o melhor que pode fazer, para a sua própria segurança, é entender o que é gerenciador de senhas!

Um gerenciador de senhas é uma ferramenta online que armazena dados de login em um ambiente criptografado — caso ainda não tenha lido o nosso artigo sobre criptografia de dados, vamos dar uma breve explicação do que isso significa.

Criptografia é uma tecnologia que transforma em códigos as mais diversas informações, de modo que essas se tornem impossíveis de serem compreendidas por quem não tem a chave certa para fazer a descodificação.

Com base nesse conceito, é possível definir também que um sistema de gerenciamento de senhas é uma solução que mantém seus dados de acesso a sites e aplicativos codificados em um espaço virtual próprio. 

E qual a importância disso?” O primeiro motivo que podemos citar é que essa ferramenta evita que você precise decorar todas as senhas que usa no seu dia a dia, tais como as de acesso a e-mail, sites de compra, internet banking, entre outras.

Além disso, muitos desses sistemas geram senhas fortes para os logins — que são aquelas que combinam letras, números e caracteres especiais — adicionando uma camada extra de segurança para os seus acessos.

Bem interessante, prático e importante, não acha? Então deixe o velho caderninho de lado, e não caia no risco da sua memória falhar. Continue a leitura deste artigo, confira o que é gerenciador de senhas e aumente a sua segurança na web!

O que é gerenciador de senhas?

Assim como dissemos na nossa explicação inicial sobre o que é gerenciador de senhas, trata-se de uma solução que armazena dados de login de forma criptografada

No caso, as senhas guardadas nessa ferramenta podem ser criadas por você ou geradas automaticamente por esse sistema, o que tende a resultar em combinações mais complexas e, portanto, mais seguras.

Só de saber o que é gerenciador de senhas dá para ter uma ideia do quanto esse sistema pode facilitar a sua vida, concorda? Afinal, precisamos de senha para praticamente tudo que usamos hoje em dia!

Como decorar todas é uma tarefa quase impossível, muitas pessoas costumam usar a mesma senha para todos os logins, ou apenas variá-la um pouco, ou ainda, utilizar uma combinação alfabética ou numérica bem básica, com “123456”.

Achou que só você fazia isso? Que nada! Um levantamento feito pelo serviço de gerenciamento de senhas Nordpass, o qual foi divulgado no site da revista Galileu, apontou que essa senha que acabamos de citar, e a sequência “123456789”, foram as mais usadas no mundo em 2021.

Somente no Brasil, aproximadamente 1 milhão de pessoas usam “123456” como senha para entrar em sites e aplicativos, o que facilita bastante a ação de cibercriminosos. 

Ainda que o seu objetivo seja apenas otimizar a sua rotina, e não ter que ficar anotando um monte de senhas por aí, usar combinações como essas, ou a mesma palavra-chave para todos os seus logins, só deixa o trabalho dos hackers mais fácil e seus dados e informações mais vulneráveis.

Como funciona um gerenciador de senhas?

Agora que sabe o que é gerenciador de senhas e a sua importância, precisa conhecer também como esse sistema funciona, certo?

Um gerenciador de senhas funciona como um cofre criptografado, no qual você guarda todos os seus logins e senhas que usa para acessar soluções web. Isso pode ser feito de duas maneiras distintas:

  • localmente;
  • em nuvem.

Localmente

Praticamente todos os navegadores web contam com sistema de gerenciamento de senhas nativo, a exemplo do Chrome, Internet Explorer e do Firefox. 

Porém, é preciso ter em mente que alguns fazem esse armazenamento local, ou seja, guardam as senhas no próprio computador ou dispositivo que você está utilizando, o que costuma não ser de forma criptografada.

Ainda que contribua para que você não precise decorar ou anotar as suas senhas, se alguém acessar o seu notebook, celular, ou outro dispositivo, pode facilmente entrar em qualquer página que tenha login, visto que o navegador oferece a opção de preenchimento automático e, com isso, inclui a senha.

Em nuvem 

Já um sistema de gerenciamento de senhas em nuvem é uma solução terceira, que funciona por meio de uma extensão instalada nos navegadores

No caso, o funcionamento é o mesmo, isso quer dizer que a ferramenta também armazenará todos os seus logins e senhas em um único ambiente. A grande diferença é que para acessar algo que necessite dessa validação, basta você digitar a chamada “senha mestra”. 

Ao fazer isso, o gerenciador de senhas identifica qual site ou aplicativo você está querendo acessar e insere a senha de acesso.

Além de precisar decorar apenas uma senha, outro benefício desse recurso é que todos os dados guardados são criptografados, o que aumenta a sua segurança e dificulta a ação de criminosos, assim como dissemos logo no início deste artigo.

Qual o melhor gerenciador de senhas?

O melhor gerenciador de senhas é aquele fácil de operar e de instalar, que pode ser utilizado em diferentes aplicativos e sites, e que tem atualizações constantes para aumentar a segurança oferecida.

Também é importante que esse sistema permita a troca de senhas antigas (e possivelmente vulneráveis) por novas mais complexas, fortes e com combinações improváveis.

Na hora de escolher, vale analisar se o gerenciador de senhas escolhido também armazena dados sensíveis, a exemplo de número de documentos, de cartões de crédito e de débito.

Há algumas opções que contam ainda com a autenticação de dois fatores, que é uma camada extra de segurança para efetivação de um login, a qual pode ser a resposta de uma pergunta secreta, a digitação de um PIN (número de identificação pessoal), ou outro dado que apenas o titular tenha conhecimento.

3 dicas de como usar um gerenciador de senhas!

Existem várias opções de sistemas de gerenciamento de senhas disponíveis no mercado, tais como:

  • Dashlane: compatível com Windows, OS X, iOS e Android;
  • LastPass: com opções de autenticação de dois fatores;
  • KeePass: permite o armazenamento local.

Seja qual for a sua escolha, há três dicas de uso de gerenciador de senhas que podem ajudar você. São elas:

  • escolha uma boa senha mestra, forte, com uma boa combinação de letras, números e caracteres especiais, e a altere sempre que considerar necessário; 
  • após escolher o seu gerenciador de senha, altere o mais breve possível as repetidas e aquelas que são vistas como fracas;
  • quando começar a usar a solução em nuvem, procure apagar todas as senhas salvas nos navegadores e mantenha apenas o sistema escolhido, o qual será gerenciado e acessado pela senha mestra.

Gostou do que acabou de ler? Então confira outros conteúdos do blog da Bitso e fique por dentro de mais assuntos como esse!

O Time Bitso é formado por especialistas em criptomoedas, garantindo informações seguras e precisas sobre o mundo cripto.