o-que-e-pix

O que é Pix? Conheça tudo sobre o meio de pagamento que caiu no gosto dos brasileiros!

Desde 16 de novembro de 2020 ele está entre nós. Mas será que você realmente sabe o que é Pix, como ele funciona e quais são as suas vantagens?

Pix é o sistema de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central que tem por objetivo facilitar a transferência de valores, possibilitando que esse processo possa ser feito a qualquer hora ou dia da semana. O tal do 24 por 7, sem descanso.

Antes da sua implementação, os recursos utilizados para transferir dinheiro entre contas bancárias costumavam ser a TED, que é a Transferência Eletrônica Disponível, ou o DOC, Documento de Crédito.

No entanto, ambas as soluções têm algumas limitações, a exemplo do tempo necessário para o valor ser liberado na conta do recebedor.

Para se ter uma ideia, uma TED demora até uma hora para ser compensada, mas pode ser creditada no dia seguinte se realizada após o expediente bancário, ou ainda no próximo dia útil se for feriado ou final de semana. O DOC,  por sua vez, é compensado sempre no dia seguinte à transação, ou no próximo dia útil.

Já com o Pix isso não acontece. Em até 10 segundos o valor transacionado entra na conta do recebedor, o que também contribui bastante para otimizar transações comerciais.

Também pela agilidade do processo, o sistema deixou de ser visto apenas como uma ferramenta de transferência de dinheiro e se tornou um dos meios de pagamentos mais utilizados pelos brasileiros.

Segundo dados da Zetta, apresentados em um relatório da Zoop, fintech de tecnologia para serviços financeiros, o Pix ocupa o terceiro lugar nesse ranking, com 81% de preferência entre as pessoas que têm chaves cadastradas, ficando atrás somente do cartão de débito (85%) e do dinheiro (84%). 

E você, já utiliza esse sistema? Se ainda tem alguma dúvida sobre ele, confira, agora, o que é Pix, seu funcionamento, vantagens, desvantagens, e passe a usar até para comprar criptomoedas

Afinal, o que é Pix?

Esse assunto aparece em notícias na internet, em sites de compras, e nos caixas de lojas físicas. Mas, afinal, o que é Pix? 

Pix é o sistema de pagamento instantâneo do Banco Central. Por meio dele é possível fazer transferências e pagamentos 24 horas por dia, 7 dias da semana, incluindo sábados, domingos e feriados

A solução não tem a intenção de substituir outras ferramentas de envio de valores ou meios de pagamento, apenas otimizar esse processo tanto para pessoas físicas quanto para pessoas jurídicas, visto que é concluída em poucos segundos.

Como funciona o Pix?

Com o conceito sobre o que é Pix mais claro, fica fácil entender como ele funciona, concorda? 

O sistema de pagamento instantâneo dispensa o uso de qualquer tipo de cartão para ser realizado. Todo o processo é feito diretamente pelo celular, internet banking ou carteira digital de quem está pagando ou enviando dinheiro.

Para isso, é preciso cadastrar a chamada chave Pix, que pode ser o número do CPF ou CNPJ, e-mail, celular, ou uma chave aleatória gerada pelo sistema que representará a conta bancária no momento da transação.

Ou seja, ao invés de informar os números da sua agência e da conta para receber algum valor, basta você fornecer a sua chave Pix que a pessoa que irá enviar o dinheiro consegue fazer isso!

O Pix funciona como débito e crédito?

Um detalhe bem importante que você precisa saber sobre o que é Pix é que, até o momento, essa solução funciona apenas como uma espécie de débito em conta

Isso quer dizer que você precisa ter saldo disponível na sua conta corrente ou carteira digital para conseguir pagar uma compra ou fazer uma transferência de valor. No entanto, na agenda evolutiva do Banco Central, já estão programadas novas funcionalidades para esse sistema. 

Uma das previstas para o segundo trimestre de 2022 é o Pix Garantido, que permitirá o parcelamento de compras, assim como acontece com o cartão de crédito.

O Pix Cobrança é outra funcionalidade que entra nesse grupo. Com implementação dividida em fases — a primeira em março de 2021, e a última também prevista para o segundo trimestre de 2022 —, ela funcionará semelhante ao um boleto bancário, possibilitando pagamentos com datas futuras que podem incluir multas e juros em casos de atraso.

Como enviar um Pix?

Para você pagar algo com o Pix, quem está recebendo também tem que fornecer a você uma chave, a qual pode digitar ou copiar e colar no seu aplicativo bancário ou carteira digital para efetivar a transação. É o chamado ‘Pix copia e cola’!

Há também a opção de fazer a leitura de um QR Code diretamente pelo seu smartphone ou outro dispositivo móvel conectado à sua conta. O QR Code é uma espécie de código de barras que registra todas as informações das transações, incluindo valor e o número da conta do recebedor.

Os valores tramitados via Pix são ilimitados?

Depois de todas essas informações, você deve estar se perguntando agora: “E eu posso fazer um Pix no valor que eu quiser?” Bem, mais ou menos! 

Sobre isso, vale destacar um ponto bem importante: em linhas gerais, o Pix não tem limite de valor a ser transacionado.

Porém, para diminuir ações criminosas como fraudes, roubos noturnos e até mesmo sequestros, o Banco Central determinou que entre as 20 horas e as 6 horas, pessoas físicas e Microempreendedores Individuais (MEI) só podem transferir e/ou pagar até R$ 1 mil — essa regra vale desde o dia 4 de outubro de 2021.

Outra coisa que você precisa saber é que os bancos, instituições financeiras e de pagamento são livres para limitar as transações dos seus clientes via Pix

Isso quer dizer que o lugar onde você tem conta ou carteira digital pode determinar o valor limite a ser transacionado por dia. Por essa razão, vale a pena buscar essa informação antes de se comprometer com uma transação financeira alta e, se necessário, solicitar um ajuste.

Quais as principais vantagens do Pix?

Só de saber o que é Pix já dá para ter uma ideia de quanto esse sistema é prático e vantajoso, não é?

O sistema de pagamento instantâneo do Banco Central é tão eficiente e otimizado que ganhou o prêmio internacional “Fintech & Regtech Global Awards 2021”, do Central Banking, na categoria inovação de pagamento, conforme apontado na reportagem do site Exame Future of Money.

Considerado o melhor sistema de pagamentos do mundo pela premiação, o Pix traz para você vantagens como:

  • rapidez: os valores são compensados instantaneamente;
  • segurança: dispensa apresentar dados bancários ou número de cartões para efetivação dos pagamentos;
  • praticidade: você pode sair de casa apenas com o celular e, ainda assim, comprar o que quer em lojas e estabelecimentos comerciais que trabalham com o Pix;
  • custo zero: o Pix não gera tarifas para pessoas físicas. Isso quer dizer que suas operações são gratuitas;
  • disponibilidade: a solução pode ser usada todos os dias da semana, a qualquer hora do dia ou da noite, ou seja, independentemente de horário bancário ou comercial para ser concluída.

E o Pix não tem desvantagens? Uma das que podemos citar é estar sem internet no momento da operação. No entanto, essa questão também já está sendo estudada pelo Banco Central, que tem o projeto de liberar a função offline do sistema, mas ainda sem data prevista para implementação.

Até lá, você pode usufruir muito de todos os benefícios do Pix — inclusive, para comprar criptomoedas, como dissemos logo no início deste artigo.

A Bitso aceita esse meio de pagamento para compra de Bitcoin, Ether, Bitcoin Cash e muito mais! Acesse agora mesmo o site e confira como! 

O Time Bitso é formado por especialistas em criptomoedas, garantindo informações seguras e precisas sobre o mundo cripto.