Dogecoin: um meme de internet que virou criptomoeda!

Verdadeiras comunidades surgem para muito além da volatilidade conhecida nas cotações de uma criptomoeda. Quando falamos naquelas que estão diretamente relacionadas a fenômenos virais da internet, isso fica ainda mais evidente. 

Neste artigo iremos falar da Dogecoin, a moeda digital que mais exemplifica como um meme pode se tornar algo de valor de mercado impressionantemente elevado, na casa dos bilhões de dólares. A Dogecoin é uma das memecoins mais conhecidas, por ter sido a pioneira dessa categoria.

Possivelmente você já encontrou por aí muitas informações amplas sobre a Dogecoin, o que faremos neste artigo é uma tentativa de unir todas as que fazem mais diferença sobre a história desse projeto e o que ele realmente quer dizer. 

Seria apenas um meme ou muito mais do que isso? Vem com a gente!

O que é Dogecoin?

Dogecoin é uma criptomoeda originária de um hard fork de Litecoin em dezembro de 2013. Sua inspiração é o meme doge, um cão da raça Shiba Inu que tem imagens virais que, acompanhadas de textos multicoloridos, podem passar muitas mensagens diferentes, mas geralmente costumam exaltar algo do próprio animal. 

Seus criadores são Billy Markus, morador na época de Portland, no Oregon (Estados Unidos) e Jackson Palmer, habitante de Sydney (Austrália).

É possível fazer a mineração dessa criptomoeda e, apesar dela ter surgido de um hard fork do Litecoin, o processo de mineração é bastante próximo. Não existe limite para o número de unidades que podem ser mineradas e esse processo pode funcionar de maneira individual (uma pessoa sozinha com sua máquina) ou por meio de pools de mineração, em que mais pessoas se juntam com esse mesmo objetivo.

A utilização dessa moeda digital acontece geralmente dentro de redes como o Reddit e o Twitter, como maneira de remunerar conteúdos – também virais, normalmente. Porém, para além desse meio, existe outro jeito de ter acesso a Dogecoin: através das chamadas “torneiras”, que são distribuições de tokens que acontecem gratuitamente, em pequenas quantidades, para que pessoas saibam mais e incentivem o uso dessa moeda digital.

O que chama atenção no projeto Dogecoin?

A ideia desse projeto é de criar uma rede leve e inteiramente relacionada simplesmente a esse meme, algo para divertir as pessoas que admiram essas imagens virais em específico. Porém, a situação ficou bastante diferente quando uma figura bastante conhecida (e para alguns controversa) do mundo empresarial: o multibilionário Elon Musk.

Dono de negócios como a Tesla e também entusiasta de memes no Twitter, Musk declarou diversas vezes gostar da moeda digital e até mesmo incentivar sua compra, sugerindo que sua cotação iria “até a lua”. 

A movimentação gerada por isso foi tamanha que, em certo momento, o valor de mercado da moeda digital chegou a superar o valor de empresas como Itaú e Ebay. Tudo isso sem sequer se aproximar da cotação de US$1 por unidade – a maior cotação, no início de junho de 2021, foi de US$0,6848.

O avanço desta cotação chamou muita atenção do mundo todo: quem poderia imaginar que um meme em formato de moeda digital poderia sair de um valor inferior a US$0,01 para mais de US$0,50 em algum momento, baseando-se principalmente nos pedidos de utilização baseados em… Memes?

O que deve vir no futuro do Dogecoin?

Para além de toda essa enorme volatilidade visualizada nas cotações, existe a ideia, tocada pela Dogecoin Foundation (iniciada em 2014, dissolvida ao longo dos anos seguintes e que retornou às atividades em 2021), de que possa existir mais adiante uma rede blockchain própria do Dogecoin.

Se por um lado você pode visualizar isso como mais um avanço de um mero meme, a fundação conta hoje com um conselho de peso: pessoas como Max Keller, que trabalha no desenvolvimento dessa rede blockchain própria (além de gerenciar o ecossistema Dogecoin e os memes que ali circulam), o fundador do Ethereum Vitalik Buterin e Jared Birchall, que representa o family office de Elon Musk.

Até então essa rede toda conta com a colaboração das pessoas que utilizam e de voluntários que alimentam, com memes e outros tipos de contribuições, o futuro do que se passa com essa memecoin. A ideia é que, através de deliberações tomadas por esse conselho, possam ser criados cargos remunerados, permitindo que algumas pessoas possam trabalhar full time para o desenvolvimento dos próximos passos do projeto.

Vantagens e desvantagens de Dogecoin

Conhecer a história e as ideias de um projeto de criptomoeda antes de decidir ter em sua carteira é importante. Tão importante quanto isso é saber, de maneira direta, algumas vantagens e desvantagens desse projeto. Vamos te apresentar algumas delas agora.

Começando com as vantagens:

  • Projeto popular e com certo apelo: a viralização de um meme se materializou em um token que atraiu valor de mercado que, como te contamos, já foi superior até a de um banco e de uma empresa de e-commerce;
  • A existência de uma instituição que busca entender e desenhar o futuro da criptomoeda é um fator que chama a atenção, ainda que esses caminhos possam ser os mais diversos possíveis e sem tanto foco;
  • É um meio bastante direto de remuneração de breves atividades de conteúdo na internet que, no fim das contas, tem um potencial muito grande de seguir se desenvolvendo; a quantidade de pessoas produzindo conteúdo na internet é cada vez maior, essa remuneração pode vir acompanhar cada vez mais.

Agora, olhando para os pontos de atenção:

  • É uma memecoin, o que significa que os objetivos podem ser tão difusos que fique complicado cravar a ideia de ter em sua carteira por algum motivo específico;
  • Existe uma enorme volatilidade de cotações atrelada a eventos tão corriqueiros quanto o tweet de alguma pessoa com milhões de seguidores, então confiar plenamente nos “planos para o futuro” dessa criptomoeda pode servir tanto para uma surpresa positiva de aumento de valor quanto um banho de água fria com uma forte queda;
  • Dificuldade de regulação: por ser uma cripto bastante volátil, fica difícil para qualquer estrutura de regulação encaixar em alguma categoria específica; essa dificuldade de encaixe regulatório pode significar que a atual ampla utilização vire “fogo de palha” no futuro e o valor de mercado desapareça com o surgimento de algum projeto parecido mas otimizado e mais sério.

Especificamente sobre esse último aspecto, lembre-se que a regulação de criptomoedas, embora pareça uma intromissão forte sobre a atuação, na verdade tem muito a ver com o quanto instituições sérias pensam em utilizar aquele projeto de verdade. E, no fim das contas, uma aceitação que vá além do uso das pessoas e se espalhe também pelas empresas seria capaz de reforçar que um projeto veio para ficar.

O contrário, quando empresas pensam que aquele projeto não é sério, pode servir como enorme risco ao valor de mercado de todo aquele entorno.

Como comprar Dogecoin na Bitso

Caso você tenha lido o artigo até então e pensado que é uma boa ideia ter Dogecoin em sua carteira, aqui vai uma boa notícia: é possível fazer isso aqui na Bitso! E os passos são bem simples, como vamos te mostrar agora.

Basta seguir essas etapas:

  1. Deposite reais na sua conta na Bitso por transferência, por meio de TED, PIX ou ainda recebendo de outra pessoa que tem conta Bitso, via Bitso Transfer;
  2. Abra o app e clique na aba ‘Cripto’;
  3. Escolha Dogecoin e a quantia em reais que quer usar para comprar; note que o meme do cachorro está lá firme e forte!
  4. Faça a conversão e pronto! 
  5. Caso você tenha Dogecoin em uma outra wallet, é possível transferi-las para a carteira da Bitso, ok?

Após essas quatro breves etapas você já passará a ter “a memecoin mais memecoin” que existe em sua carteira!

Ah, e não se esqueça: além de acompanhar os memes que circulam todos os dias  – sendo eles geradores de novos projetos de moedas digitais ou não -, confira os demais conteúdos sobre o universo cripto aqui no Blog da Bitso!

Conheça a Bitso, exchange que conta com mais de 5 milhões de usuários na América Latina. Baixe agora mesmo nosso app, disponível para Android e iOS e faça parte do universo cripto!

O Time Bitso é formado por especialistas em criptomoedas, garantindo informações seguras e precisas sobre o mundo cripto.