Pump e dump nas criptomoedas

Saiba o que é pump e dump e como se proteger disso

“Oportunidade única!”, “Você nunca mais vai ver algo igual a isso!”. Todas as vezes que os mercados estão agitados e subindo muito você ouve esse tipo de coisa por aí. Mas, na prática, e se for apenas um meio de te vender algo que vai subir muito e depois despencar? Neste artigo você vai aprender sobre como identificar o tal pump e dump – e, claro, evitar de cair nisso.

Desde já avisamos algo importante: não é porque algum ativo pode aparecer ligado a isso que todos os ativos serão assim também. Analisar caso a caso com cautela é sempre importante e muito melhor do que assumir de primeira que algo tem essa característica, ok?

O que é pump e dump?

Pump e dump é, de maneira resumida, quando algumas pessoas direcionam algum investimento como sendo boa ideia (mesmo ele não necessariamente sendo) para que, quando um número grande de pessoas comprar e o preço subir, vender rapidamente e realizar aquele ganho. Pump seria esse forçar pra cima dos preços e dump o “se livrar em seguida” deles.

Não sabemos se você que aqui nos lê assistiu ao filme O Lobo de Wall Street, mas há uma cena bem específica em que isso pode ser verificado: quando o personagem interpretado por Leonardo Di Caprio incentiva pessoas a comprar as chamadas penny stocks, as ações cotadas em bolsas menores e cujas cotações são literalmente na casa dos centavos.

Ao descrever uma empresa que supostamente estava para decolar mas na verdade era apenas um projeto de garagem, o corretor demonstrava o pump, esse inflar de preços convencendo pessoas a comprar algo.

Vale notar que nem todo esforço nessa direção significa que você está caindo em uma fraude, mas é preciso saber analisar a veracidade do que é falado ali. Por pelo menos dois motivos: primeiramente, se fosse tão bom mesmo, por qual motivo mais gente não saberia? E, em segundo lugar, não desconfiando e ainda passando adiante você pode estar mesmo é ajudando um pump… Que depois pode virar dump.

O que é pump e dump nas criptomoedas?

Uma das diferenças mais importantes entre o que podemos chamar de “economia real” e “economia das bolsas de valores” é a velocidade como as informações se transformam em mudança de preço. Enquanto em uma empresa a chegada de um grande cliente ou a perda de um grande fornecedor impactam trimestres e anos, no mercado financeiro as coisas mudam em minutos.

Quando lembramos que o mercado de criptomoedas além de global funciona 24h por dia, sete dias por semana, a ideia de que alguma coisa pode ter mudado enquanto você dormia com capacidade de fazer perder dinheiro (ou alguma oportunidade) passa pela cabeça de muitas pessoas que olham esse universo.

Todo o fenômeno de pump e dump é centrado em como as informações são difundidas sobre algum ativo. No caso das criptomoedas não é diferente. O que muda aqui, no máximo, são os meios de execução dessa prática, mas o resultado que se objetiva é o mesmo.

Como funcionam o pump…

Possivelmente o que mais movimenta as pessoas, o que mais faz com que elas tomem alguma atitude, é o medo. Quando o assunto é o universo das criptomoedas, dois dos maiores medos existentes e alardeados são o de perder alguma grande oportunidade de ficar “rico da noite para o dia” e o de perder tudo também na mesma rapidez.

Diríamos que o pump e dump de criptomoedas explora esses dois medos de uma vez só.

Na primeira etapa, a de pump, fóruns que tratam do assunto (geralmente alguma criptomoeda pouco conhecida, recém criada ou fora do radar) começam a pipocar sobre uma enorme oportunidade que estaria virando a esquina. Isso também pode rolar por meio de influenciadores da área ou, em certos casos, até com criadores dessa suposta oportunidade de ouro.

Com esse interesse que vai sendo criado, foca-se em abraçar o primeiro medo. “Você vai ficar de fora dessa?”. Uma expressão que resume isso nos dias de hoje é a FOMO, Fear Of Missing Out, o literal “medo de ficar de fora de uma oportunidade”. Com esse medo colocado na mesa, muitos, em movimento de manada, partem em direção de comprar logo aquela cripto.

Quando você tem algo com poucos itens, uma movimentação rápida de compra força o preço para cima também de maneira rápida. Então, para além do que estão alardeando, você começa a ver a cotação subir e pode pensar “que beleza de oportunidade que aproveitei aqui!”. Mas é aí que o sonho pode começar a esfarelar, mais rápido do que se pode imaginar.

… e o dump?

Tudo subindo, você sorrindo, aquela sensação boa de máquinas caça-níquel em uma música viciante… Mas, espera aí, o que são aquelas candles para baixo? E por qual motivo elas não param de sinalizar mais queda?

Tal qual uma rápida subida de cotação que você ajudou, é possível que alguém esteja do outro lado também em grupo, mas comemorando a oportunidade criada por pessoas que também ficaram com medo de perderem a chance de enriquecer de maneira incrivelmente rápida.

O que pode ter acontecido para o sonho virar pesadelo (e você entrar no segundo medo, o de perder tudo) de maneira tão rápida? É difícil de provar de maneira direta, mas possivelmente ocorreu a segunda perna do esquema, o dump.

Após verem chegar numa determinada cotação em que valha a pena simplesmente largar (o dump) tendo um resultado financeiro ali, aquele mesmo grupo que causou um furor sobre a compra da cripto vende silenciosamente o “sonho maravilhoso de ficar rico” e, de uma pressão forte de alta que fez as cotações subirem, de repente a maré vira para uma grande realização de lucros (venda em patamar mais alto só para embolsar a diferença).

Importante apontarmos o aspecto “é difícil de provar” porque, de fato, nem em mercados bastante regulados como os de ações provar que esse tipo de coisa acontece é fácil, imagine então em mercados bem mais livres como os das criptomoedas.

Quem faz pump e dump?

Tudo bem, mas estamos em um artigo sobre pump e dump, então vamos partir do pressuposto de que estamos falando de uma situação que efetivamente ocorre um evento desse tipo. O próximo passo então é descobrir quem poderia ter feito isso acontecer, certo?

Se por um lado o furor de “oportunidade única na vida” é espalhado em fóruns abertos e talvez até por influenciadores, o lado que aproveita de quem cai nessa conversa é bem mais restrito, fechado e contido. Um tipo de ambiente em que isso pode acontecer é o chamado grupo de pump de criptomoedas.

Nesse tipo de grupo, que pode acontecer em aplicativos de mensagens instantâneas que tanto usamos no dia a dia, algumas pessoas combinam uma estratégia de posicionar notícias que significariam, teoricamente, um enorme e iminente aumento para cotações de uma determinada criptomoeda.

Antes de fazer isso, costumam nesses grupos de pump de criptomoedas identificar tokens ou recém-lançados ou mesmo que não estejam no radar. Como existem literalmente milhares de criptomoedas, não é tão difícil essa missão, basta escolher alguma que as pessoas consigam comprar de maneira rápida em alguma exchange. Pois então os maliciosos compram essas criptos e em seguida passam a espalhar as notícias de maneira combinada.

Com essas notícias começando a “fazer preço”, eles decidem mais ou menos qual seria o nível de cotação o suficiente para que então possam vender o que compraram antes de espalhar as notícias positivas e, de fato, saírem da operação vendendo as criptomoedas com um lucro considerável.

Esses grupos de pump de criptomoedas então, no fim do dia, são responsáveis também pelo dump das mesmas criptomoedas que combinaram de fazer a cotação subir, já que, com a diferença positiva tendo ocorrido, o interesse de alardear aquela pepita de ouro encontrada já não existe mais. E, não existindo, ocorre o chamado panic selling: todo mundo vende porque não sabe mais por qual motivo comprou em primeiro lugar.

5 dicas para reconhecer (e evitar) o pump e dump

Como são milhares as possibilidades de criptomoedas que podem passar por isso, por estarem em cotações baixas e fora do radar, pode ser que você tenha se preocupado de poder cair facilmente em algum esquema. Mas algumas dicas podem te ajudar a não ser vítima disso:

  1. Conheça seu próprio perfil de investidor: antes de tomar qualquer atitude no mundo dos investimentos, saiba por qual motivo está ali e quais são seus objetivos; quem conhece a si mesmo com seriedade não muda o plano de uma vida por uma informação que acabou de cair do céu (ou pingar em um fórum, independente de quão famoso ele seja);
  1. Busque saber mais sobre o projeto daquela criptomoeda: sim, pode ser algo revolucionário; sim, pode se tratar de algo recém criado e com belíssimas intenções; mas isso não significa que alguém te contar deveria ser o suficiente para te fazer correr desesperado atrás de algo que você nunca ouviu falar antes;
  1. Busque saber sobre a liquidez daquela criptomoeda: se aquilo é tão bom, certamente existem movimentações de compra anteriores àquele momento; se está tudo muito parado no livro de ofertas e de repente um número enorme de compras está acontecendo (e você não sabe nada sobre), pode ser um sinal de que logo vem dump;
  1. Verificar com fontes de confiança é sempre válido: afirmamos aqui que influenciadores podem fazer parte de esquemas de pump e dump e isso realmente pode ocorrer; mas quem é de confiança e vive disso para vender seus conteúdos dificilmente divulgará algo que claramente servirá para cancelar sua própria autoridade no assunto em seguida; vale sempre ver o que essas pessoas ‘referência’ estão falando sobre aquilo;
  1. Quando a esmola é demais, o santo precisa desconfiar: lembre-se sempre da possibilidade de, naquilo que é supostamente uma chance única, estarem apenas provocando seu medo de ficar de fora daquilo; sempre é bom pensar “se isso é tão bom assim, como não é tão falado por aí por quem entende do assunto?”

Então, sim, é possível ficar com as antenas ligadas e não simplesmente cair no próximo pump e dump que estiver ocorrendo – que literalmente pode estar se desdobrando enquanto seus olhos lêem essas linhas.

Para resumir a história, o que importa é isso aqui

A ansiedade que gera um mercado que nunca dorme mexe com os pensamentos de qualquer pessoa. Seria ingenuidade assumir que a possibilidade de perder uma oferta que muda a vida de alguém não seja capaz de fazer com que pessoas tomem atitudes rápidas e até impensadas.

Porém, antes de tomar qualquer atitude do tipo “vou mudar minha vida completamente com isso”, vale sempre seguir o caminho apresentado aqui no Blog da Bitso e aprender mais sobre o assunto.

É preciso ressaltar novamente um ponto: nem toda grande subida de cotação, sobretudo de uma criptomoeda, significa que alguma fraude está para acontecer. Mas, já dizia aquela antiga sabedoria, “o seguro morreu de velho” e ninguém jamais tomou “a decisão da vida” sem antes entender com exatidão o que ali se passava antes disso.

Pump e dump infelizmente é uma prática que ocorre e, mais importante do que lamentar sobre isso é entender as características desse movimento e, portanto, reduzir a chance de ser prejudicado com isso.

Bitso Brasil
O Time Bitso é formado por especialistas em criptomoedas, garantindo informações seguras e precisas sobre o mundo cripto.