NFT, non-fungible token, ou token não fungível em português

O que é NFT? Conheça TUDO sobre os tokens não fungíveis

Já reparou que o mundo das criptomoedas é repleto de nomenclaturas próprias e siglas bastante específicas? Você conhece todas elas? Saberia dizer o que é NFT?

NFT é a abreviação do termo em inglês “non-fungible token”, que em português significa “token não fungível”. Parece que a gente nem traduziu, né? Vamos explicar!

Os tokens não fungíveis são ativos digitais criptografados que definem a originalidade de algo e, de modo geral, estão relacionados à criptoarte. São um tipo de selo de autenticidade, sabe?

Em outras palavras, consiste em um item, em especial uma obra (foto, imagem, cartões colecionáveis, entre outros), que passa pelo processo de tokenização em uma rede blockchain, se transformando em um bem único e com valor monetário atribuído à sua escassez.

Por exemplo, conhece os Axies, os “monstrinhos” do jogo Axie Infinity? Eles são um bom jeito de ver o que é NFT.

Esses pequenos seres virtuais são singulares, isso quer dizer que você jamais encontrará um com as mesmas características e atributos de outro. Além disso, cada um tem o seu valor financeiro, por isso podem ser comprados e vendidos.

Isso quer dizer que os tokens não fungíveis são criptomoedas? Não necessariamente, mas são similares.

Bateu a curiosidade? Então, continue a leitura deste artigo e confira o que é NFT, como funciona, como é criado, onde e como comprar para ter na sua carteira digital de criptos.

O que é NFT? Para que são usados?

Como dissemos na breve explicação sobre o que é NFT, tratam-se de tokens não fungíveis de ativos criptografados, com valor monetário unido a características de originalidade e exclusividade.

Esse recurso, que tem como base a tecnologia blockchain, é usado para atribuir singularidade a um item, dando a ele individualidade e escassez.

O surgimento dos NFTs

A origem dos NFTs tem como base as chamadas “moedas coloridas do Bitcoin”, que eram moedas digitais derivadas de pequenas frações dessa cripto, desenvolvidas com o propósito de serem utilizadas para funcionalidades diferentes da original.

Esse “pontapé inicial” aconteceu em 2012, porém, nos últimos tempos, a busca para saber o que é NFT cresceu devido a duas vendas milionárias de tokens não fungíveis.

NFTs mais caros do mundo

A obra nomeada como “Everyday’s: the First 5000 Days”, do artista Michael Winkelmann, popularmente conhecido como Beeple, se tornou o NFT mais caro do mundo até o momento.

De acordo com uma publicação do site Future of Money/Exame, a peça foi vendida em março de 2021 por quase US$70 milhões. Não satisfeito, meses depois, Beeple fez outra venda de um dos seus NFTs tão cara quanto a primeira.

Denominada “Human ONE”, a obra de arte Winkelmann foi vendida pela pequena quantia de US$28,9 milhões.

Mas não pense que essas são as duas únicas peças negociadas a preços como esses. A Forbes montou uma lista com os 10 tokens não fungíveis mais caros da história. Alguns deles são:

  • CryptoPunk #3100
    • artista: Larva Labs
    • data do último lance: 11 de março de 2021
    • valor: 4,2 mil Ether (ETH) — na época, equivalente a US$7,58 milhões
  • Crossroads 
    • artista: Beeple
    • data do último lance: 25 de fevereiro de 2021
    • valor: 3 mil Ether (ETH) — na época, equivalente a US$6,6 milhões
  • Ocean Front
    • artista: Beeple
    • data do último lance: 20 de março de 2021
    • valor: 2,9 mil Ether (ETH) — na época, equivalente a US$6 milhões

Como funcionam os tokens não fungíveis?

Depois de saber o que é NFT e sua definição, é bem importante que você também saiba como eles funcionam.

O funcionamento dos tokens não fungíveis tem como base a tecnologia da rede blockchain

Essas redes são descentralizadas, o que, na prática, quer dizer que não pertencem ou respondem a um órgão, entidade, organização ou empresa que defina as suas diretrizes e protocolos.

O processo que transforma um item em um NFT é o mesmo aplicado às criptomoedas. Ou seja, para a validação da peça, é preciso desvendar uma série de códigos inseridos em blocos, os quais, juntos, formam a rede blockchain.

Só é possível acessar um bloco após resolver o problema do primeiro. Além disso, ainda que pessoas com más intenções acessem um bloco, para modificar algo na rede, é preciso ter acesso a todos os blocos que estão conectados a ele.

O que é preciso para criar os NFTs?

Outro detalhe que você precisa saber sobre NFTs é que qualquer pessoa pode criar um token não fungível.

Para isso, o primeiro passo é criar a peça – a obra de arte, por exemplo. O seguinte consiste em escolher uma rede blockchain para utilizar — a mais comum tende a ser a rede Ethereum

Na hora de definir qual blockchain será usado, é preciso considerar que cada um tem suas próprias características e padrões, o que incluiu uma carteira digital apropriada e um marketplace compatível com a sua tecnologia.

Token NFT e criptomoeda são iguais?

Logo no início deste artigo, dissemos que NFT token e criptomoedas não são a mesma coisa, lembra?

Uma das principais diferenças entre esses dois ativos é que as criptos são fungíveis, isso é, têm o mesmo valor quando pertencem a uma mesma categoria e podem ser trocadas entre si.

Em outras palavras, um Bitcoin sempre terá valor igual a outro Bitcoin, e pode ser trocado, por exemplo, por Ether (ETH), Litecoin, entre outras opções.

Os NFTs, por sua vez, são exclusivos e únicos. Por conta disso, ainda que sejam dois tokens não fungíveis, sua valorização inviabiliza a troca entre eles.

A semelhança entre criptomoedas e NFTs é que ambos são ativos digitais, ou seja, têm valor monetário e podem ser negociados para compra e venda.

Como comprar NFT para a sua carteira digital?

E por falar em compra e venda, você deve estar querendo saber onde adquirir tokens não fungíveis, ou vender os que criar, certo?

Diferentemente das moedas digitais, cujo canal de venda costuma ser as exchanges, que são empresas que facilitam o processo de compra, venda e guarda das criptos, para os NFTs, é preciso buscar por plataformas especializadas nesse tipo de transação comercial.

Como você pôde ver nos exemplos de tokens não fungíveis que foram vendidos, a moeda de pagamento foi o Ether — mas poderia ser outra, dependendo da rede blockchain utilizada.

Assim, se você tem interesse em NFTs, adquira as criptos para pagar por eles acessando agora mesmo o site da Bitso!

O Time Bitso é formado por especialistas em criptomoedas, garantindo informações seguras e precisas sobre o mundo cripto.